Se há entendimento, há gratidão

Se há entendimento, há gratidão, não há como não...

Porque o cliente poderia ter comprado de outro, em outro momento, ou ter adiado a compra.

Mas comprou de você, acreditou em você, ouviu você, entendeu o valor do seu produto ou serviço, entendeu o que ganhará pelo uso do seu produto ou serviço. Como não agradecer?

Como não ser tocado por um diálogo que finaliza com um:
- Obrigada!
- De nada! (ou "Imagina!", se em São Paulo)

Se há entendimento do bem, do serviço, da inteireza e da gentileza recebida, gratidão há.

Sem entendimento - o seu sobre ele e o dele sobre você - gratidão não haverá...

Comentários