Opinião não é conhecimento

E uma frase de um artigo do Valor Econômico me chama a atenção: "Para o historiador Leandro Karnel, intelectuais perderam espaço porque conhecimento foi trocado por opinião". E penso no tanto de opinião que encontro dia sim, dia não também: é opinião sobre o cliente, sobre a empresa, sobre o produto, o mercado do cliente, o problema do cliente...

Conhecimento falta e faz falta na hora de demonstrar as razões e os porquês. 



Opinião é o modo de ver, pensar, deliberar; o conceito, reputação, ideia e principio de algo ou alguém. Do latim opinĭo, é o juízo de valor, parecer favorável ou desfavorável que a algo ou alguém se dá. Opinião não é conhecimento. Ganha quem não a confunde com o conhecimento que precisa ter... até para dá-la... 

PS: E opinião se tem até no escrever - e espantoso isso chega a ser... Porque outra razão parece difícil existir para os erros de Português que insistem em aparecer. Nosso idioma é difícil, a fonética engana a escrita, mas ortografia e gramática têm regras, exigem conhecimento, não sobrevivem de opinião - e, na dúvida, dicionário online à vontade há.

Sim?

Comentários