O primeiro dos princípios é a honradez

Qual é o seu código de honra?

E se você não sabe de pronto responder qual é o seu código de honra, pense nos princípios que o guiam no dia a dia. Este é o seu código de honra.

E lembre que princípios são firmes fronteiras, não balançam nem mudam ao bel-prazer dependendo do momento ou situação em que um está. Princípios não são negociados. Princípios são sólidos. Princípios são sérios. Princípios não visam vantagens sobre outros. Princípios são "preceitos que definem as regras pelas quais uma pessoa / sociedade civilizada deve se orientar".

Quanto mais civilizados somos, mais princípios temos. E o princípio da honradez, probidade, honestidade, dignidade, retidão, integridade, respeitabilidade, seriedade é o primeiro de todos os princípios - e todas estas palavras são sinônimos, e o objetivo de usá-las aqui em sequência é para dar a cada um o tempo necessário para absorver o tamanho e a indispensabilidade deste princípio.  


"Mentira tem perna curta". "Diga-me com quem andas e te direi quem és." "Quem com ferro fere com ferro será ferido." "Quem cala consente." "Quem tudo quer tudo perde". Além dos bons conselhos dos pais, professores e mentores, tantos são os provérbios populares que nos avisam desde sempre a honrarmos a honradez.

Honra salva. Honra nos salva. Honra nos salva a todos. Nas relações pessoais e profissionais, necessária é a honradez de parte a parte, dia após dia, com consistência e coerência. Princípio.

Quanto aos errantes? Que grande falta um código de honra lhes faz...

Comentários