Fechar os olhos aumenta a visão

E a gente passa tanto tempo raciocinando, calculando, explicando, avaliando, pensando, se preocupando, fazendo, ajudando os outros a fazer... E a mente está sempre tão alerta, ativa, acordada; os olhos estão sempre tão abertos. E tão necessário que assim seja e aconteça para chegarmos onde queremos...

Mas... que liberdade se sente ao se fechar os olhos. Que tranquilidade vem com um longo suspiro. Auto cura pode nascer do hábito de um momento introspectivo...

No comecinho do dia
e ao
ver a paciência esgotando,
sentir a energia drenando,
lidar com um imprevisto,
ou
precisar de mais "inspiração"...

Inspire...
Expire...
Lentamente...
Feche os olhos...
Perceba a respiração se acalmando, conecte-se...
Dê-se tempo, um minuto que seja.
Auto-recupere-se...

Um simples hábito assim é capaz de auto-regular emocionalmente uma pessoa, uma equipe, uma empresa.

E é neste momento em que os olhos se fecham que o coração mais se abre. Percebe isso já acontecendo? Na meditação, na oração, no encontro amoroso, na comunhão, nas grandes alegrias e nas grandes dores, em qualquer tempo e em qualquer idade, instintivamente fechamos os olhos...

Vê agora o perigo que é não permitir este momento de pausa quando você mais precisa? Lembra quantas vezes você falou demais e errou a mais por não se permitir esta calma respiração e reflexão em momentos de alto estresse?

Respiremos...

Razão e coração juntos vêem muito mais do que o mero sentido da visão. Quando nos damos tempo e espaço, percebemos mais, entendemos mais, fazemos mais.

Que paradoxo... Fechar os olhos aumenta a visão...

Comentários