Mudamos o mundo. E ele nos muda.

Muito se fala do muito que temos que mudar. Esperamos e cobramos isso dos outros e de nós mesmos. Em que mundo vamos viver, que vida vamos ter, que trabalho vamos fazer, que inovação vamos criar, que legado vamos deixar?

Mas o mundo também nos muda e este é mais um mistério da vida. Ao querer mudar onde se vive, o primeiro mudado será você, ela, ele, eu...

E esta não é uma escolha sua, dele, dela ou minha. Mudamos o mundo "e" ele vai nos mudando. 

Porque mudança fragmentada não há. Consciente ou inconsciente, sua ou dos outros, a mudança atinge o todo e alcança o sujeito e o objeto, o aqui e o aí, o presente e o futuro, o que é seu, dele, dela, nosso, meu. Mudamos nós e o mundo se muda.

Se aprendo, se ensino, se crio, se amplio, se vendo, se compro... mudam as redes de relacionamento, mudam os projetos, mudam as empresas, mudamos nós...

Comentários