Para os demais, é mais fácil entender o seu relato ou a sua interpretação?

Vamos supor que você, eu e mais um grupo de 4 pessoas vai presenciar uma conversa entre 2 desconhecidos. Vamos supor ainda que os 2 desconhecidos começam a se desentender. Corte a cena. Depois de uma situação assim, o grupo tenderá a simplesmente comentar/relatar o que aconteceu, como se deu? Ou tenderá a já querer interpretar o acontecido? Mais ainda, quem será mais fiel aos fatos: os que relatam ou os que interpretam?

Relatar é descrever o acontecido. Interpretar é dar significado ao que aconteceu. O relato de um depende da sua própria observação. A interpretação do outro depende da sua própria compreensão de causas e de efeitos. Interpretar é acrescentar um ou vários significados a uma situação que envolve variáveis conhecidas e/ou desconhecidas. Interpretar é muito mais difícil - e arriscado ao erro - do que relatar.

O interessante é que esta escolha entre relatar e interpretar acontece a todo momento, em todo lugar, por toda a gente... E quantas consequências traz... Quer ver?
  • na maioria das vezes em que você ouve algo de alguém, este alguém está relatando ou interpretando uma situação? De que forma ele mais fielmente reproduz o acontecido: relatando ou interpretando?
  • e na maioria das vezes em que você fala algo para alguém, você relata ou interpreta? Para quem o ouve, é mais fácil entender o seu relato ou a sua interpretação?
Se você relata, seu foco é no fato. Se interpreta, seu foco é no pensamento. Se o foco é no fato, mais fácil é para os outros o entenderem. Se o foco é no pensamento, mais difícil será o entendimento do que você fala pelos outros - clientes, pares, conhecidos e desconhecidos - e maior tempo e didática serão necessários para que a mensagem flua de você para eles.

Se fundamental é ter a certeza que o outro o entende, escolha com consciência entre relato ou interpretação ao falar. E perceba as escolhas dos outros, ao ouvir. Bom comunicador é aquele que se faz bem entendido, sendo claro, concreto e falando o que é realmente importante e possível de entendimento por quem o ouve. Falando factualmente. Na vida e em qualquer momento de uma venda.

Comentários