Enxergando cada cliente como ele é

Cada pessoa é diferente, cada cliente é diferente. Toda pessoa tem similaridades, todo cliente tem similaridades.

Contraditório? Sim. Real? Sim. Consequência? Muita atenção e presença ao lidar com cada pessoa, com cada cliente.

Necessário é ver o outro como único que ele é - e não a soma de todos os outros clientes / pessoas com quem você já conviveu.  Ou seja, ele "não necessariamente" vai repetir o que os seus outros clientes / conhecidos fizeram ou foram... Por outro lado, necessário é também enxergar padrões similares entre os vários clientes “únicos”, especialmente se você atua verticalizadamente, tem atuação e foco em determinado público-alvo (segmentos/nichos econômicos), e eles, os clientes, estão na sua carteira para prospecção e atendimento.

Comentários