Localizou a raiz do problema?

Clareza nasce do diálogo. Diálogo é interação, alternância de perguntas e respostas entre duas ou mais pessoas. Quanto mais qualidade as perguntas tiverem, mais claras serão as respostas. Serão essas respostas que nos levarão à clareza.

Clareza nasce também de continuarmos com as perguntas até o ponto exato de incômodo (problema) do outro. O quadro começa então a ficar mais sofisticado: clareza depende não apenas do diálogo construído com perguntas de qualidade (diagnóstico), mas também do discernimento entre prosseguir com as perguntas ou se dar por satisfeito com as respostas já obtidas. A pergunta "o que exatamente o incomoda?" é vital. É direta, concreta, aberta e dá a chance do outro se exprimir com espaço. Mas ela deve ser acompanhada de opções que, por nosso conhecimento e experiência, mapeiam as possíveis e legítimas causas de incômodo do outro. Transformadas em perguntas, estas opções ajudarão o outro a chegar à verdadeira e prioritária causa do seu próprio problema. Neste momento, teremos localizado juntos a raiz do problema. Neste momento estaremos frente a frente com o que mais custa ao outro. Neste momento, o outro reconhecerá em nós alguém com quem poderá compartilhar o problema e o que fazer para encontrar sua possível solução.

Este processo acontece a toda hora, em todas as nossas interações. Comunicação é vital para relacionamentos. Comunicação é vital para vendas. Não perguntar, não dar tempo para o outro responder, assumir que sabe a resposta do outro sem confirmar com o próprio são todos males que neutralizam qualquer possibilidade de entendermos exatamente o que incomoda ao outro... 

Sem entendermos as reais preocupações do outro, não haverá como ajudá-lo. Simples assim. 

Comentários