E quando o vendedor vê a necessidade e a empresa não?

Recebo vários e-mails de vendedores de software que querem fazer o curso aberto da Engenharia de Vendas, mas que suas empresas optam por não pagar pela inscrição. Grande parte deste grupo arca com o custo por eles próprios, investindo nas suas próprias carreiras. Outra parte questiona, interroga. As perguntas e respostas abaixo refletem os questionamentos desses e-mails que recebo:
Vendedor: "Quero participar do seu curso, mas minha gerente não autorizou o pagamento." 
Eu: Fico feliz em ver a sua confiança na Engenharia de Vendas para Empresas de Software antes mesmo de ter feito um curso conosco. Estamos à disposição para vocês conhecerem e se beneficiarem da Engenharia de Vendas a exemplo de milhares de nossos clientes, mas, enquanto a capacitação não acontece, você já pode se beneficiar dos artigos que publico no site e no blog e também do meu livro, que tal?
Vendedor em novo e-mail: "Vou pagar eu mesmo a inscrição então. Há desconto?" 
Eu: Tenho capacitado milhares de profissionais que tiveram esta iniciativa. O preço é exatamente o que está publicado, não trabalhamos com descontos ou condições cliente a cliente. Este é um dos pontos de maior discussão no final da tarde do dia do curso, quando os participantes se dão conta da mudança de foco na venda. Do desconto para o resultado.
Quando ele estiver lá conosco na sala de treinamento, ele verá que valor é resultado de uso e não preço, e que o peso que o desconto tem na venda tradicional é muito menor do que a perda que o cliente já pode ter hoje pela falta de controle e automatização, não medida, não quantificada, não percebida... que o vendedor tradicional não traz à tona... porque não sabe como...

Comentários