Ansioso? Ansiedade não ajuda a vender

Você se considera uma pessoa ansiosa? Sofre ao se preocupar? Sofre muito ao se "pre-ocupar"? É impaciente para esperar que os resultados se sigam às ações?

Nas vendas e na vida, ansiedade sem controle nos faz dar passos em falso, prematuros, inseguros. Tomar decisões vira uma sucessão de pensamentos, alternados em ondas de verdadeiro "suplício mental": "devo ou não devo? faço ou não faço? está na hora ou já passou da hora? e agora?" (e a pessoa se exaure de tanto pensar e não saber como agir..)

Então.. o que fazer se a ansiedade "atacar"?
1- trabalhe muito, prepare-se muito, trabalhe com muita inteligência, dedique-se, muitas horas;
2- defina a hora de parar de trabalhar e, nesta hora, desligue o "botão de trabalho". Desligue-se completamente. Muitas vezes é nessa hora de desligados que temos os "insights" (as revelações, novas percepções, perspectivas..);
3- traga o futuro para o hoje. Arminio Fraga diz "não temos metas, temos métricas". Muito bom! Acompanhar e trabalhar as métricas presentes pode ser um redutor de ansiedade, passa a significar um controle presente e não uma esperança futura!
4- defina planos B, C e D: o que fazer, alternativamente, se o motivo da sua ansiedade se tornar realidade;
5- se sua ansiedade se tornar realidade, lembre que há horas, sim, em que atropelos se sucedem e que é essencial observar e aceitar os fatos como eles são. Por outro lado, e sempre há vários lados, um negativo hoje pode gerar um inesperado positivo amanhã.. E, mais ainda, tudo é tão temporário na vida.. Seja paciente hoje para esperar que os resultados se sigam às ações..

Vivemos em mudança, em ciclos de criação, manutenção e destruição. Querendo ou não, em mais tempo ou não, é assim que evoluímos, e a ansiedade não nos ajuda nem na criação, nem na manutenção e nem na destruição que presenciaremos / promoveremos em nossos caminhos..

O que mais nos ajuda? A liberdade de não sofrer de ansiedade!

Comentários